Carta à nação brasileira

Por ocasião da XLII Assembleia Geral Ordinária da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil – CMSB, os Grão-Mestres das 27 Grandes Lojas Maçônicas do Brasil assinaram carta à Nação, demonstrando solidariedade às recentes manifestações públicas ocorridas em todos os estados brasileiros.

A Carta na integra:

“Representando mais de 126 mil Maçons filiados às 2.765 Lojas das 27 Grandes Lojas Maçônicas de todas as Unidades Federativas do Brasil, a CONFEDERAÇÃO DA MAÇONARIA SIMBÓLICA DO BRASIL – CMSB, em sua XLII Assembleia Geral Ordinária, realizada de 5 a 9 de julho de 2013, na cidade de Campo Grande – MS, consoante as Declarações de Princípios que norteiam a Maçonaria Universal,

CONSIDERANDO

– os alertas e clamores constantes das proclamações que têm sido reiteradamente divulgadas à Nação como resultado de suas Assembleias Gerais Ordinárias anuais, no mais das vezes ignoradas pelos que representam o poder do estado no Brasil;

– as mobilizações e campanhas que têm sido empreendidas pela Maçonaria em todo o território nacional “Pela Ética na Política”, “Pela Moralidade no Trato da Coisa Pública” e “Contra a Corrupção e a Impunidade”, e

– as recentes manifestações de indignação que têm levado milhares de brasileiros às ruas e praças de nossas cidades, externando claro desacordo com relação ao desempenho e comportamento daqueles que deveriam trabalhar pela causa do povo e que, particularmente no que tange à classe política, não honram o contrato social que lhes concede tamanha autoridade,

POSICIONA-SE

perante a Nação Brasileira nos seguintes termos para

EXIGIR

1) imediata Reforma Política que culmine com a implementação de:
– extinção de foro privilegiado para autoridades públicas e parlamentares;
– eleições únicas a cada quatro anos;
– extinção do cargo de suplente de Senador;
– adoção do voto distrital;
– proibição que parlamentares ocupem cargos no Poder Executivo, e
– redução do poder arrecadatório do governo federal com o fortalecimento das receitas dos municípios.

2) imprescindíveis ações na área da Saúde Pública que conduzam:
– à aprovação da PEC 29/2011, de modo que, no mínimo, 10% das receitas correntes da União passem a ser destinadas, exclusivamente, à saúde e
– à adequação da infraestrutura e ao melhoramento da formação e da remuneração dos profissionais de saúde.
3) o cumprimento do preceito constitucional destinado a assegurar que a Educação seja tratada como Política de Estado, pública, gratuita e de qualidade em todos os níveis, com a devida e necessária valorização dos profissionais a ela dedicados.

4) a rápida reformulação e adequação da Legislação Penal para restabelecer a credibilidade da Segurança Pública e, inclusive, para neutralizar o crescente sentimento de impunidade.

EXORTAR

1) cada brasileiro a se envolver, proativamente, nestas questões, repelindo a violência, exercendo direitos e cumprindo deveres constitucionais, atentando para tudo o que está acontecendo e rechaçando aqueles que não derem atenção a esses clamores que visam, apenas, a conquista de um país mais justo e igualitário, e a

2) todos os Maçons Brasileiros para que não se omitam e participem, efetivamente, deste decisivo momento de legítimo exercício de cidadania, cumprindo sua função de verdadeiro Construtor Social.

Que Deus, o Grande Arquiteto do Universo, ilumine e proteja o Povo Brasileiro e que a Paz e a Concórdia sejam nossas fieis companheiras!

Campo Grande, Mato Grosso do Sul, 9 de julho de 2013.

Jordão Abreu da Silva Júnior
Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso do Sul
e Presidente da XLII Assembleia Geral Ordinária da CMSB

Vanderlei Freitas Valente – PGM
Secretário-Geral da CMSB

Grãos-Mestres:

Francisco de Sousa Chaves
Acre

Ivanildo Marinho Guedes
Alagoas

José Odair da Fonseca Benjamin
Amapá

Átila Atala Tuma
Amazonas

Jair Tércio Cunha Costa
Bahia

Juvenal Batista Amaral
Distrito Federal

Sílvio de Paiva Ribeiro
Ceará
Aídes Bertoldo da Silva
Espírito Santo

Ruy Rocha de Macedo
Goiás

Bolivá Marques Vieira
Maranhão

Jurandir da Silva Vieira
Mato Grosso

Leonel Ricardo de Andrade
Minas Gerais

José Nazareno Nogueira Lima
Pará

José Reinaldo Camilo de Sousa
Paraíba

Iraci da Silva Borges
Paraná

Dimas José de Carvalho
Pernambuco

Pedro Alexandre de Carvalho Mota
Piauí

Waldemar Zveiter
Rio de Janeiro

Luiz Carlos Rocha da Silva
Rio Grande do Norte

João Otávio Cezae Lessa
Rio Grande do Sul

Juscelino Moraes do Amaral
Rondônia

Lindberg Melo da Silva
Roraima

João Eduardo Noal Berbigier
Santa Catarina

Ronaldo Fernandes
São Paulo

José Valter Rodrigues dos Santos
Sergipe

Jair de Alcântara Paniago
Tocantins”

Comente com sua conta do Facebook ou utilize o formulário abaixo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *