33 anos de cumplicidade com uma causa justa e perfeita

O Mestre Maçom Osvaldo Pierotti chega aos 33 anos de maçonaria com uma história pontuada de honras e méritos. Foi iniciado na Instituição em 07.09.1980, na Loja “Barão de Gurguéia nº 22”, na cidade de União (PI).

Hoje é Obreiro Emérito da Loja “Independência nº 25”, de Teresina.

Coincidentemente chega, também, ao ápice da pirâmide do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria para a República Federativa do Brasil, ao ingressar. em junho próximo passado, no Grau 33 e receber o título de Grande Inspetor da Ordem.

Além da exemplar dedicação à família e ao trabalho, optou, livre e desinteressadamente, por compartilhar o seu tempo com uma causa que considera justa e perfeita: a solidariedade maçônica.

O primeiro reconhecimento aos seus méritos ocorreu com a sua eleição para o cargo de Grão-Mestre Adjunto da Grande Loja Maçônica do Piauí, ainda no início de sua caminhada, função que exerceu com brilho, ao lado do valoroso Grão-Mestre Osiris Neves de Melo Filho, o reformador.

Há mais de dez anos coordena, com maestria, as delegações da Grande Loja que anualmente comparecem às Assembléias Gerais da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil (CMSB).

Tem grande respeito pela história e pelas tradições seculares da Ordem, sem deixar, contudo, de se preocupar com a visão de futuro, em face das vertiginosas transformações que acontecem no mundo moderno e estão a exigir atualização de posturas.

É membro fundador da Academia Piauiense de Mestres Maçons, cuja presidência assumirá em novembro deste ano, cargo para o qual foi escolhido em processo democrático.

A prova de seu apego à Ordem maçônica está retratada no memorial particular que mantém em sala especial de sua residência, composto de documentos, relíquias e adereços da simbologia de nossos arcanos.

O primeiro reconhecimento aos seus méritos ocorreu com a sua eleição para o cargo de Grão-Mestre Adjunto da Grande Loja Maçônica do Piauí, ainda no início de sua caminhada, função que exerceu com brilho, ao lado do valoroso Grão-Mestre Osiris Neves de Melo Filho, o reformador.

Há mais de dez anos coordena, com maestria, as delegações da Grande Loja que anualmente comparecem às Assembléias Gerais da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil (CMSB).

Tem grande respeito pela história e pelas tradições seculares da Ordem, sem deixar, contudo, de se preocupar com a visão de futuro, em face das vertiginosas transformações que acontecem no mundo moderno e estão a exigir atualização de posturas.

É membro fundador da Academia Piauiense de Mestres Maçons, cuja presidência assumirá em novembro deste ano, cargo para o qual foi escolhido em processo democrático.

A prova de seu apego à Ordem maçônica está retratada no memorial particular que mantém em sala especial de sua residência, composto de documentos, relíquias e adereços da simbologia de nossos arcanos.”

Comente com sua conta do Facebook ou utilize o formulário abaixo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *